Como impedir que a maresia estrague as coisas da casa

Home » Casa » Como impedir que a maresia estrague as coisas da casa

Morar perto do mar é o sonho de muitos, porém, ser vizinho do oceano tem suas desvantagens. Um dos problemas é a maresia - e os danos causados pela salinidade nos móveis e eletrodomésticos. Saiba como proteger sua casa com algumas dicas: Eletrodomésticos Se a geladeira ou o fogão está muito oxidado, mas o motor ainda funciona bem, o ideal é levar o eletrodoméstico a algum profissional que trabalhe com manutenção de pintura desses equipamentos. "Ele lixará toda a crosta de oxidação, passará uma nova camada de massa plástica e, por fim, pintará", explica o arquiteto cearense Marçal Barros. Para pequenos pontinhos de oxidação, a dica é: com uma lixa fina, própria para ferro, lixe bem o pedacinho oxidado. Depois, passe um esmalte de unha (na cor do eletrodoméstico, claro!) na parte lixada. "O esmalte o protege, impedindo que a oxidação se espalhe. Contudo, é uma solução temporária", salienta o especialista. Móveis Para prevenir danos em peças feitas de madeira, sempre aplique nelas óleos de peroba e lustra-móveis. Outro segredo simples e eficaz é limpar as superfícies com frequência, removendo os resíduos de sal deixados pela maresia. Já no caso dos móveis de fórmica utilize limpadores multiúsos. Janelas As peça fabricadas em metal são as que mais sofrem com a ação da maresia. Para evitar a ferrugem, prefira aço inoxidável ou alumínio. Aplicar três demãos de verniz ou filme de poliuretano, que adere como uma segunda pele à superfície e não deixa a umidade passar, também é uma ' alternativa. "Nas dobradiças das portas, use uma vez por semana spray de óleo para proteger os mecanismos de metal e evitar que a peça fique rangendo", diz Barros. Portões As áreas de ferro expostas ou com pintura descascada podem enferrujar e emperrar. Para evitar isso, pinte portões e grades com revestimentos antioxidantes, os quais impedem o contato do ferro com água e os sais da maresia. Piso de madeira Nos locais em que a exposição à maresia e ao sol é mais prolongada, aplique verniz naval. Vidro, plástico e acrílico Janelas, tampos de mesa e luminárias suportam bem ao sol, ao vento e ao calor. Estantes com portas de qualquer um desses materiais protegem os aparelhos eletrônicos. Tecidos Prefira revestir os móveis com tecidos à base de poliéster. Eles são os mais indicados para sofás e poltronas, porque resistem à umidade e não mofam. Nas janelas, as cortinas do tipo blecaute conseguem barrar não apenas o sol mas também a maresia. Paredes externas "Como o concreto é poroso, as gotículas cheias de sais penetram no material e enferrujam as estruturas metálicas internas, fazendo-as aumentar de tamanho", explica o biólogo Cláudio Gonçalves Tiago, de São Paulo. O concreto não suporta esse crescimento e começa a rachar. O melhor é pintar as paredes com produtos impermeabilizantes, que evitam a penetração dos sais. Paredes internas No interior das casas, as gotículas da maresia aumentam os níveis de umidade. O ar molhado e as' altas temperaturas do litoral ajudam também no aumento de fungos e bolores. A melhor' alternativa para prevenir esse problema é usar tintas especiais com fungicidas na fórmula, vendidas em lojas de materiais de construção. Elas têm substâncias capazes de acabar de uma vez com a infestação. Computador A maresia é um problema sério para o computador. "Para prevenir danos, não o deixe em locais com  muita circulação de ar e sempre utilize a capa de proteção específica para PC quando ele estiver desligado", aconselha João Lobo, professor de manutenção de micros do Senac-Pernambuco. Se o computador já estiver com oxidação, é preciso limpar a placa-mãe (parte do computador que armazena o chip). Mas isso só pode ser feito por um técnico.

Comentários

Deixe seu Comentário

Qual a Soma? 5 + 2=