Como evitar ficar doente por causa do trabalho

Home » Saúde » Como evitar ficar doente por causa do trabalho

Claro que trabalho é prazer, fonte de realização — e de dinheiro também —, mas há características nele que simplesmente fazem mal.

width=280Você talvez nem tenha percebido, mas aquelas horas que passa na cadeira de rodinhas com a cara enfiada no computador podem minar seu bem-estar físico e mental. Claro que trabalho é prazer, fonte de realização — e de dinheiro também —, mas há características nele que simplesmente fazem mal. Como não dá para parar de trabalhar, melhor saber como o trabalho afeta a saúde e como se proteger. Veja: Músculos e coluna Tudo o que você faz repetitivamente sem pensar na postura afeta músculos e ligamentos. Pode ser a forma como senta até o movimento de dar um clique

no mouse. Os problemas mais comuns são as tendinites, miosites, lombalgias, dores nas costas e na cabeça, diz o ergonomista Marcos Domaneschi, da Associação Brasileira de Ergonomia (Abergo). De acordo com o Departamento de Segurança Ocupacional e Administração de Saúde (Osha) dos Estados Unidos, doenças causadas por movimentos repetitivos representam um prejuízo de 20 bilhões de dólares por ano, somando-se tratamento e afastamento do trabalho. O primeiro passo para evitar a má postura é prestar atenção nela, sentar com as costas inteiras escostadas na cadeira, um apoio de pé, os olhos centrados no meio da tela do computador. O segundo é realizar exercícios preventivos ao menos uma vez por dia. Essas duas medidas farão bem não apenas para seu corpo mas para a própria carreira. Um estudo da Univesidade Northwestern, nos EUA, mostrou que uma boa postura aumenta a sensação de poder, independentemente da posição hierárquica que ocupa na corporação. Olhos Apesar de a má iluminação não causar danos permanentes à visão, provoca desconforto. Ao final do dia a pessoa sente cansaço, e podem ocorrer irritação e lacrimejamento, diz o oftalmologista Elcio Sato, da Universidade Federal de São Paulo. A iluminação ideal é a natural, mas, como ela varia durante o dia, é preciso lançar mão da artificial. Deve-se evitar fontes de luz que atinjam os olhos diretamente, diz Sato. Ela deve ser regular e constante durante as horas de trabalho. Além da luz ruim, as mulheres sofrem mais com os olhos secos, normalmente causados por uma baixa umidade devido ao ar condicionado, o que pode ser agravado pelo uso da maquiagem. Ter um colírio que imita lágrima sempre à mão pode ajudar. Sistema respiratorio Sabia que não é apenas você quem fica mal, o prédio onde você trabalha também? É a chamada síndrome dos edifícios doentes, uma referência à qualidade do ar interno. O principal culpado é o ar-condicionado. Se não for bem conservado, dentro dele acabam morando vírus, bactérias e até aracnídeos, como é o caso do ácaro, que se espalham pelo ambiente. Juntamente com essa contaminação biológica pode ocorrer também a contaminação química pelos gases emanados de produtos de limpeza, verniz, entre outros. Segundo a Organização Mundial da Saúde, os gastos anuais com esse tipo de problema chegam a 100 milhões de dólares nos Estados Unidos. Os principais problemas são resfriados e gripes constantes, alergia e asma. Para tentar poupar seus pulmões, o jeito é pressionar a administração para que faça uma manutenção adequada do ar e sair para respirar fora de quatro paredes sempre que for possível. Se o calor não for tanto, melhor abrir as janelas.